Alexandre Mancini: azulejaria como arte contemporânea

Ao caminhar no bairro de Lourdes e passar pela rua Alvarenga Peixoto, torna-se fácil observar o destaque que o Alvarenga, 594 transmite ao quarteirão. Com sua fachada produzida com painéis de azulejaria artesanal, o visual contemporâneo do edifício desperta bons olhares. 

O artista azulejista Alexandre Mancini, responsável pela obra, desenvolveu a padronagem exclusiva dos painéis à fachada do empreendimento. Integrando arte e arquitetura, o edifício se conecta à cidade e se torna cada dia mais uma continuação da história de Belo Horizonte.

Continue a leitura e conheça mais sobre a história do artista e do empreendimento que atrai atenções e desperta um processo reflexivo em quem observa essa arte urbana. 

Alexandre Mancini: azulejaria como arte contemporânea arquitetônica 

O artista Alexandre Mancini, por meio do caráter estético da azulejaria, desenvolve peças em cerâmica que traduzem um local em um único espaço. O valor abstrato e subjetivo da arte integrada à arquitetura desperta olhares e sensações que agregam um caráter reflexivo à história daquele espaço. 

Essa exclusividade arquitetônica pode ser observada na fachada e lateral do empreendimento Alvarenga, 594 que, ao integrar arte com arquitetura, resulta em uma obra que conta a história do tempo, delimitando seu próprio espaço no bairro. 

Mancini conta que “essa é uma relação que é inevitável, a gente precisa disso. E nem sempre a gente no nosso tempo contemporâneo, se lembra da importância entre elas, da arquitetura e arte como um elemento só que conta uma história. A história do nosso tempo, da nossa cidade, do nosso país. São muitas histórias que podem ser contadas de fato com isso. É uma aproximação formal, que diferente do grafite, que pode ser muito mais livre e, ao mesmo tempo, não tem perenidade, ele vai se apagar com o tempo. Então, no caso da azulejaria ou da cerâmica é uma obra que vai ficar por décadas, por séculos.”

Alvarenga, 594: estilo, elegância e sofisticação 

O Alvarenga, 594 é um empreendimento construído por uma equipe renomada em Belo Horizonte. E que possui a qualidade e o estilo que a MIP Construtora oferece.

O projeto desenvolvido pela Dávila Arquitetura conta com espaços planejados visando o estilo, a elegância e a sofisticação para se viver bem dentro e fora de casa, partindo de acabamentos de alto padrão, passando por áreas completas para convívio social e finalizando com o espaço ideal para se viver com conforto e tecnologia dentro de casa. 

A fachada do edifício contou com o trabalho exuberante do artista azulejista Alexandre Mancini, que desenvolveu uma obra exclusiva que se destaca como referência de azulejaria e artes plásticas do bairro Lourdes. A equipe MIP desenvolveu uma entrevista com o artista, para que vocês possam acompanhar de perto esse processo criativo, confira aqui.

Fique por dentro de mais conteúdos sobre arte, arquitetura, saúde e bem-estar, mercado imobiliário, tendências e muito mais. Acompanhe a MIP pelas redes sociais e assine a nossa Newsletter.

Compartilhe:

Outras publicações

Fazendas Terras de Minas: convenção de vendas e oportunidades
Veja mais
5 dicas infalíveis para receber bem os convidados em casa
Veja mais
Tudo sobre o projeto social da MIP: solidariedade, engajamento voluntário e impacto social
Veja mais
Tendências de Decoração para 2024: Elegância com Peach Fuzz
Veja mais
Ligamos para você
Fale conosco
Whatsapp